Audi 100/A6

1990-1997 de lançamento

Reparo e operação do carro



Audi 100/A6
+1. Instrução de manutenção
+2. Manutenção
+3. Motores
+3.2. Motores diesel
+3.3. Remoção e partição de motores
+4. Esfriamento de sistema
+5. Aquecer-se e ventilação
+6. Sistema de combustível
+ 7. Sistema de escape
- 8. Sistemas de partida, ignição
   +8.1.1. Introdução
   -8.2. Sistema de ignição (motores de gasolina)
      +8.2.1.1. Princípio de trabalho de PMS
      8.2.2. Características técnicas
      8.2.3. Cheque de sistema de ignição
      8.2.4. Rolo de ignição
      8.2.5. Distribuidor de ignição
      8.2.6. Ignição esquina avançada
      8.2.7. Sensores de sistema de ignição
      8.2.8. Corredor de distribuidor de ignição
      8.2.9. Sistema de ignição (motores de 6 cilindros 2,6 e 2,8 de l)
      8.2.10. Diagnóstica de maus funcionamentos de sistema de injeção de gasolina
      8.2.11. O que deve conhecer-se ao proprietário do carro com o motor de injetor
      8.2.12. Doutor de turbo
   +8.3. Sistema de precomeçar a aquecer-se (motores diesel)
   +8.4. Sistema de produção de gases de escape
+9. Transmissão
+10. Sistema de freios
+11. Suportes de forma triangular de interrupção, dirigindo
+12. Corpo
+13. Equipamento elétrico
+14. Dicas úteis


03f74acd



8.2.3. Cheque de sistema de ignição

INFORMAÇÃO GERAL

Acordo de tomadas do rolo de ignição (no motor AAR de mesmo modo)

Os maus funcionamentos no sistema da ignição causam-se muitas vezes pela conexão insegura de arames ou circuitos curtos, mas não fracasso de elementos do sistema.

No momento de detecção de fracasso, em primeiro lugar, arames de união de cheque e tomadas de faísca. Pelo cheque cheio do sistema da ignição é necessário dirigir peritos.

Se houver uma admissão da ignição, verifique o rolo de ignição, uma cobertura de distribuidor de ignição, uma parte de carvão, o corredor, e também os arames da alta voltagem.

 Já que o cheque da curva primária do rolo da resistência de cheque de ignição entre a tomada de conexão tapa 1 e 15. Pelo cheque de uma curva secundária – verificam a resistência entre a tomada 1 e a tomada de um arame da alta voltagem.